Como nasce um episódio do 37 Graus

A produção do 37 Graus passa por diferentes etapas, indo desde a ideia de pauta até a revisão final do programa. Fizemos um resumo de cada um desses passos, tanto para ajudar quem está começando a produzir o seu próprio podcast como para dar um gostinho do que acontece nos bastidores.

Pesquisa

O primeiro passo é encontrar uma ou mais histórias que possam compor um episódio. Mais do que procurar por assuntos interessantes, nós buscamos personagens, cenários e cenas capazes de conduzir a narrativa. Nesse processo, mergulhamos em pesquisas em sites, livros e artigos científicos, além de conversarmos com quem vive à nossa volta.

+ Uma maneira de saber se uma história é boa ou não é contá-la para uma pessoa exigente. Se ela gostar da história e quiser saber mais, bom sinal.
+ Você pode sugerir uma história
aqui.

Campo

Quando a ideia já está delineada, partimos para o trabalho de campo, que engloba as gravações de entrevistas e eventos, visitas a lugares etc. Isso resulta em cerca de 8 horas de gravações de campo por episódio. Tentamos sempre fazer as entrevistas pessoalmente, indo ao local onde a pessoa mora ou trabalha. Isso não só garante áudios de melhor qualidade como também permite uma conversa mais espontânea.

+ Enquanto uma de nós faz a entrevista, a outra fica no fone de ouvido para controlar o volume e o nível de ruído da gravação.
+ Antes de começar uma entrevista, fazemos uma pergunta “quebra gelo”. Por exemplo, “qual foi sua última viagem?”.

Roteirização

Com as pesquisas feitas e os áudios de campo transcritos, é hora de pensar a construção da narrativa. Primeiro, identificamos quais são as informações mais importantes e os momentos mais envolventes da história. Então, imaginamos a melhor sequência para esses elementos aparecerem ao longo do programa. E aí costuramos tudo isso num roteiro preliminar. Essa primeira versão vai ser trabalhada diversas vezes até chegarmos no episódio que queremos.

+ Uma das nossas preocupações é fazer episódios fluidos, de no máximo 50 minutos, que mantenham o calor da história até o final. Para estimar a duração de um roteiro, usamos uma ferramenta de script timer.

Montagem

Este é o momento de dar vida ao roteiro. Em primeiro lugar, gravamos (e regravamos várias vezes) toda a parte da narração. Depois, já no software de edição de áudio, vamos preenchendo essa narrativa com todas as partes de entrevistas e cenas de campo que já estavam previstas no roteiro, além de adicionarmos as trilhas e os efeitos sonoros. Por fim, fazemos um processo de finalização, que inclui tratamento de voz, redução de ruídos, equalização e outros refinamentos.

+ Tentamos ao máximo usar trilhas próprias, feitas especialmente para o episódio. Para isso, contamos com a colaboração do músico e compositor Gabriel Falcão.    
+ Ouvimos o episódio várias vezes antes de dá-lo como terminado. É importante escutar com e sem fone de ouvido para verificar se as transições de cenas e os volumes estão perfeitos.